Suplementos Archive

Como funcionam os remédios para emagrecer?

Antes de qualquer consideração vale a pena outra pergunta: Os remédios para emagrecer realmente funcionam? Alguns nutricionistas podem jurar que sim, outros dizem que tentaram muitos tipos diferentes para perder peso e não obtiveram nenhum sucesso.

Existem muitos tipos diferentes de suplementos de dieta e remédios para emagrecer vendidos livremente por ai que variam em termos de eficácia quando são usados. Algumas pessoas usam pílulas emagrecedoras para perda rápida de peso, pois algumas pílulas desta categoria não devem ser usadas por longos períodos de tempo.

Qual deles é o mais eficaz para perder peso?

Pelo fato dos remédios que reivindicam perda peso não passarem pelo mesmo crivo que outros medicamentos pela ANVISA, eles são vendidos sem a necessidade de apresentarem muitas provas da sua eficácia. Isso pode ser confuso para os consumidores que tentam determinar qual destes remédios é o melhor.

Algumas destas pílulas de perda de peso contêm compostos de ervas, vitaminas, minerais e uma combinação de outros ingredientes que funcionam de maneira diferente em seu corpo. Alguns estudos científicos indicam como alguns dos ingredientes podem ajudar na perda de peso individual, mas é ainda desconhecida a eficácia da combinação de vários ingredientes diferentes.

O Brasileiro, de modo geral, desenvolveu uma tendência a automedicação. Para uma simples dor de cabeça ele sempre tem o melhor remédio em casa. Mas, o problema é que não existem dores de cabeça “simples”! O risco para a saúde é sempre muito grande e não vale a pena investir em algo que não oferece a credibilidade necessária para uma decisão tão importante.

Esta mesma regra se aplica aos demais remédios milagrosos que prometem resultados imediatos. A melhor forma de lidar com esta avalanche de alegações e anúncios de TV e, antes de comprar ou usar qualquer remédio ou suplemento para perder peso, é ouvir a opinião e as recomendações de um profissional.

Os remédios de emagrecer contêm normalmente em sua composição alguns ingredientes que, separadamente, desempenham funções que provocam a inibição do apetite e, consequentemente, menor ingestão de alimentos, resultando na perda de peso.

O organismo humano é regulado e controlado pelas funções cerebrais, por isso, é importante enfatizar que muitos destes remédios são compostos de químicos que aceleram as atividades do cérebro. Cérebro é coisa séria!
Quando consumidos com o objetivo de perda de peso, muitas pessoas se esquecem do mais importante nesta atividade perigosa quando não recebem o aval de um profissional. Os efeitos colaterais!

A perda de peso é normalmente o resultado de uma disfunção causada pela reação de um metabolismo a uma determinada substância. Por exemplo, alguns químicos presentes na formulação das pílulas inibem o apetite, mas nunca sem antes provocar irritabilidade, agitação, taquicardia, dores de cabeça, depressão, aumento da pressão arterial e até insônia.

Em alguns casos, onde os pacientes fazem uso de outro tratamento, como reposição hormonal, por exemplo, alguns ingredientes presentes nos remédios de perda de peso provocam um enorme desiquilíbrio, com consequências irreversíveis.

Considerações finais

Para perder peso de maneira segura, saudável, eficaz, livre dos efeitos colaterais, as pessoas devem consultar um profissional da área de nutrição ou o seu médico. Após exames minuciosos para determinar o estado geral de saúde é que um plano específico e individual pode ser estabelecido. Elimine os riscos, antes de eliminar o excesso de gordura!

Muitos especialistas concordam com uma pesquisa que mostrou que antes de qualquer intervenção para perder peso é necessária uma terapia para lidar com as emoções. Dizem que o combate à obesidade começa na mente, além de uma reeducação alimentar!