Nutrição Archive

Ideias de Lanches para a Dieta Herbalife

A dieta Herbalife substitui 2 refeições diárias por shakes e suplementos alimentares destinados a inibir o apetite e fornecer nutrientes.
A única refeição do dia deve ser equilibrada, com carnes magras, verduras ou frutas frescas, além de lanches saudáveis. Se você procura uma ideia de prato ou lanche para complementar a dieta Herbalife, aqui estão algumas sugestões.

Adicione uma xícara de fruta congelada ao shake

1. Verduras
As verduras podem ser usadas para fazer todos os tipos de lanches ou refeições e consumidas cruas como aperitivo. Você também pode usá-las no preparo de vários tipos de pratos. Por exemplo, misture algumas verduras e faça uma boa salada. Basta acrescentar vinagre, suco de limão e azeite para temperar. Outra alternativa é misturar todos estes ingredientes e fazer um salteado ou cozinhá-los ao vapor.

2. Frango ou peixe
A carne branca de frango ou peixe sem gorduras e pele é saudável e magra. Grelhe ou cozinhe para obter melhores resultados. Comer frango frito e peixe com macarrão não é uma opção saudável. Em vez disso, faça uma marinada com vinagre, suco de limão, molho de soja, molho teriyaki ou qualquer outra que você possa imaginar. Em seguida, leve ao forno para assar ou grelhe. Adicione a carne branca ao prato com verduras descrito acima para completar sua refeição.
Atum ou frango desfiado também são um recheio excelente para sanduíches. Basta misturar a carne com uma maionese com pouca ou nenhuma gordura e passar no pão.

3. Frutas
Frutas são ótimos aperitivos. A maioria é perfeita, como maçã, banana e laranja. Esses ingredientes também podem ser adicionados aos pratos ou misturados em uma salada de frutas. Adicione uma xícara de fruta congelada ao shake para acrescentar alguma substância sólida a sua dieta Herbalife.

4. Batata
Este ingrediente pode ser preparado de várias maneiras. Asse uma batata pequena para comer como um aperitivo ou acrescentar à refeição. O purê de batatas é um excelente acompanhamento para qualquer prato.
Outra boa opção pode ser batata gratinada com um pouco de verduras e bacon. Este é um prato bem equilibrado e delicioso.
Com apenas uma refeição permitida pela dieta Herbalife por dia, é importante ser criativo e preparar algo gostoso.

Conheça os alimentos que permitem o ganho de massa muscular

É muito comum conhecer alguém nas academias que iniciou rotinas recentemente e já está exausto mesmo após poucos minutos de musculação. É que muitos deles não incluem uma dieta em suas práticas e acreditam que para ganhar massa, devem primeiro perder peso.

Isso, na realidade é uma visão inversa de todo o processo. O ganho de massa muscular depende do consumo de alimentos saudáveis, frescos e carnes magras e brancas. O ômega 3 presente em sardinhas, atum e salmão são ideais para o pique de energia nos exercícios anaeróbicos que constroem músculos.

Muitos acreditam que o uso de suplementos, por exemplo, pode formar a estrutura necessária para o ganho de músculos. Outros recorrem, ilegalmente, a substâncias como esteroides anabolizantes para conseguir a imagem que estão buscando.

Os riscos são enormes e, infelizmente, ignorados por alguns que acabam sofrendo mais tarde com os efeitos colaterais. Existe um ditado de um sábio Chinês que diz “Nunca apresse as águas do rio…” e que descreve
muito bem a atitude das pessoas que saltam barreiras de segurança para
colocar até a própria vida em risco.

Lista de alimentos ideais para o ganho de massa muscular:

  • Ovos

Cada ovo contém um valor proteico de 6 a 8 gramas por ovo. Os ovos são ricos em vitaminas, zinco, ferro e cálcio, tornando-os um dos alimentos de construção muscular mais completos.

  • Peito de frango (sem peles)

É possível obter 30 gramas de proteína de cada 100 gramas de peito de frango. Eles estão disponíveis em todos os supermercados e podem ser preparados em deliciosas receitas.

  • Água

O ganho de massa muscular exige muita hidratação. O nosso corpo é 70 por cento de água e 75 por cento do tecido muscular é de água. A hidratação aumentará a força, os níveis de energia e ajudará na digestão.

  • Óleo de peixe

Os benefícios anti-inflamatórios no óleo de peixe, por exemplo, ajudam o corpo a se recuperar mais rapidamente de um treino pesado. O óleo de peixe também acelera o metabolismo para construção de músculos, mas também perder gorduras!

  • Quinoa

Uma ótima fonte de carboidratos, uma dose de 100 gramas de quinoa fornece 14 gramas de proteína juntamente com um aminoácido essencial. Um excelente alimento para construção muscular.

  • Aveia

É saudável, promove a saciedade e supre uma mistura perfeita de carboidratos, fibras, proteínas, minerais e vitaminas.

  • Abacaxi

O abacaxi possui uma enzima digestiva de proteína chamada bromelina em abundância. Também diminui a inflamação muscular, por isso pode ser uma ótima refeição pós-treino.

  • Espinafre

Os fitoecdisteróides contidos em espinafres podem aumentar o crescimento muscular em até 20 por cento. Isso faz dele um excelente alimento para ganho de massa muscular!

  • Batata doce

As batatas doces têm um teor de carboidratos ligeiramente inferior ao das batatas regulares. Uma batata média contém 26 gramas de carboidratos, enquanto uma batata doce média contém 23 gramas de carboidratos.

As batatas doces são uma excelente fonte de vitamina A e uma boa fonte de potássio e vitamina C, B6, E, riboflavina, cobre, ácido pantotênico e ácido fólico. Uma batata doce média possui 28% mais de potássio do que uma banana. Facilitam o ganho de massa muscular.

  • Proteína Whey

Uma proteína de soro de leite de absorção rápida que é melhor absorvida quando ingerida no pós-treino, popular entre os que querem definir os corpos e os atletas que o usam para reforçar os músculos após os exercícios. A proteína de soro de leite é uma fonte altamente digerível de proteína.

  • Brócolis

Adicione brócolis a uma salada antes e após os treinos com espinafre, tomates, milho e pimentas. Esta é uma ótima fonte de vitaminas, minerais e fibras.

A importância da nutrição adequada

O corpo humano pode ser comparado a uma máquina: enquanto essa máquina tiver combustível, ela irá funcionar, e quanto melhor a qualidade desse combustível, maior será a sua performance. Da mesma forma, o corpo humano também precisa de combustível para continuar vivo, neste caso, estamos falando dos alimentos, e quanto mais nutritivos eles forem, melhor será o desempenho do seu corpo.

E isso está diretamente ligado com a capacidade do seu cérebro. Sabe aquela famosa frase “Você é o que você come”? Pois ela retrata muito bem essa ideia de que tudo o que você ingere interfere nos mais diversos aspectos do seu organismo: seu nível de energia e disposição, cansaço, sono, etc.

Todos os nutrientes que colocamos no nosso corpo contribuem para alguma função dentro do organismo. Para melhorar o foco, tanto de dia quanto de noite, é preciso manter um ritmo de energia constante, evitando os picos de açúcar no sangue, além de se manter hidratado e investir numa alimentação balanceada que, a longo prazo, trará benefícios para a sua memória e capacidade de concentração.

De acordo com Carla Tieppo, neurocientista da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, não é bom passar longos períodos sem se alimentar, pois para manter a concentração, o corpo precisa de bastante energia. Se estiver bem alimentado, além de ter energia suficiente no organismo, você não corre o risco de se distrair com a fome. Carla indica coisas simples, como uma barrinha de cereais ou suco no decorrer do dia.

O que podemos fazer para aumentar o foco de forma imediata?

Há duas formas de se trabalhar o foco: uma delas é mais imediata e consiste na adoção de medidas que surtirão efeito em poucos minutos ou ao longo do dia; a segunda é de longo prazo e requer a introdução diária de nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo e do cérebro, sejam eles por meio de alimentos ou suplementos. A combinação dessas duas medidas é a solução ideal para aumentar sua memória e concentração.

Aqui estão alguns alimentos que aumentam o foco de forma imediata:

Água: sim, por mais estranho que possa parecer, a água é de vital importância para a concentração. Um estudo britânico da Universidade do Leste de Londres concluiu que o consumo de 500 ml de água antes de atividade intelectuais aumentou em 14% a velocidade das reações. Já bebeu água hoje?

Guaraná: mas se você precisa de algo um pouco mais forte do que a simples e pura água, o guaraná em pó diluído pode ser ainda melhor. Com sua elevada dose de cafeína, o resultado será imediato.

Alimentos integrais: ao longo do dia, dê preferência aos grãos integrais em vez de alimentos feitos com farinha refinada, como pão de sal, bolos e biscoitos. Assim você evitará os picos de açúcar no sangue que sempre são acompanhados por uma queda do desempenho. Os alimentos integrais liberam glicose lentamente ao longo do dia, proporcionando um nível de energia estável.

E como fazer para ter mais foco a longo prazo?

Para melhorar sua memória e concentração ao longo do tempo, incorpore os nutrientes a seguir à sua alimentação diária, seja na forma de alimentos ou suplementos:

Vitaminas do complexo B: em especial a vitamina B12, contribuem para o bom funcionamento da tireoide e a saúde das células, aumentando o nível de energia.

Suco verde: essa é forma mais rápida de oferecer ao seu corpo um complexo poderoso de vitaminas e minerais.
Vitamina E: um poderoso antioxidante que ajuda a proteger a memória.

Ômega-3: de acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, comprovou-se o ômega-3 melhora memória de curto prazo até mesmo em jovens.

Vitamina C
: importante para a produção do neurotransmissor noradrenalina que controla a atenção.