Ideias de Lanches para a Dieta Herbalife

A dieta Herbalife substitui 2 refeições diárias por shakes e suplementos alimentares destinados a inibir o apetite e fornecer nutrientes.
A única refeição do dia deve ser equilibrada, com carnes magras, verduras ou frutas frescas, além de lanches saudáveis. Se você procura uma ideia de prato ou lanche para complementar a dieta Herbalife, aqui estão algumas sugestões.

Adicione uma xícara de fruta congelada ao shake

1. Verduras
As verduras podem ser usadas para fazer todos os tipos de lanches ou refeições e consumidas cruas como aperitivo. Você também pode usá-las no preparo de vários tipos de pratos. Por exemplo, misture algumas verduras e faça uma boa salada. Basta acrescentar vinagre, suco de limão e azeite para temperar. Outra alternativa é misturar todos estes ingredientes e fazer um salteado ou cozinhá-los ao vapor.

2. Frango ou peixe
A carne branca de frango ou peixe sem gorduras e pele é saudável e magra. Grelhe ou cozinhe para obter melhores resultados. Comer frango frito e peixe com macarrão não é uma opção saudável. Em vez disso, faça uma marinada com vinagre, suco de limão, molho de soja, molho teriyaki ou qualquer outra que você possa imaginar. Em seguida, leve ao forno para assar ou grelhe. Adicione a carne branca ao prato com verduras descrito acima para completar sua refeição.
Atum ou frango desfiado também são um recheio excelente para sanduíches. Basta misturar a carne com uma maionese com pouca ou nenhuma gordura e passar no pão.

3. Frutas
Frutas são ótimos aperitivos. A maioria é perfeita, como maçã, banana e laranja. Esses ingredientes também podem ser adicionados aos pratos ou misturados em uma salada de frutas. Adicione uma xícara de fruta congelada ao shake para acrescentar alguma substância sólida a sua dieta Herbalife.

4. Batata
Este ingrediente pode ser preparado de várias maneiras. Asse uma batata pequena para comer como um aperitivo ou acrescentar à refeição. O purê de batatas é um excelente acompanhamento para qualquer prato.
Outra boa opção pode ser batata gratinada com um pouco de verduras e bacon. Este é um prato bem equilibrado e delicioso.
Com apenas uma refeição permitida pela dieta Herbalife por dia, é importante ser criativo e preparar algo gostoso.

Como perder peso com cinta modeladora

Perder peso com a cinta modeladora pode ser uma realidade. Embora a obesidade seja um problema cada vez maior no nosso país, o verdadeiro desafio é saber qual dos diversos dispositivos de perda de peso têm uma fundamentação legítima.

Apesar de a cinta modeladora ser cada vez mais popular nos dias de hoje, o seu uso, por si só, não faz com que perca peso. No entanto, ela pode trazer algumas vantagens. Por isso aconselhamos o uso de uma cinta abdominal.

Como qualquer outro programa de perda de peso, é importante que você defina metas razoáveis, as quais incluem a compreensão dos processos fisiológicos do emagrecimento.

Se é verdade que a cinta abdominal ajuda no processo de emagrecimento, também é fundamental saber usar cinta modeladora. Veja aqui algumas dicas.

 

Como usar cinta modeladora para perder peso

Usar cinta modeladora corretamente é fundamental para que o processo de perda de peso seja efetivo. Para tal, reunimos algumas das melhores dias para saber usar corretamente a cinta abdominal. Confira!

  • Use a cinta modeladora diariamente
  • Use a peça sempre que faz atividades físicas
  • Use a cinta abdominal enquanto faz atividades diárias, como aspirar o pó, subir escadas, ou qualquer outra coisa

Quando usa essa cinta, o seu corpo consegue construir massa muscular muito mais facilmente, além de queimar gordura.

Como ela aumenta a circulação sanguínea para áreas problemáticas como o abdômen, cintura, coxas e quadris, ajudam muito na perda de peso. Além disso, elas têm almofadas de aquecimento que provocam um aumento de temperatura do seu corpo.

Nesse caso, os vasos sanguíneos se dilatam, ao mesmo tempo que a gordura e o tecido muscular aquecem. É aqui que entra o segredo. Essa conjugação de fatores faz aumentar o seu metabolismo, queimando mais calorias.

Note que, quando a temperatura do seu corpo é baixa, ele tende a armazenar a gordura, para que consiga aumentar a temperatura corporal. Por isso a cinta abdominal é excelente para perda de peso.

Usar cinta modeladora pode, sim, fazer toda a diferença no processo de emagrecimento. Além de emagrecer mais rápido, também emagrece na zona problemática, pois atua diretamente na região a tratar.

sempre deve escolher uma cinta modeladora que se ajuste perfeitamente ao seu corpo.

Note que sempre deve escolher uma cinta modeladora que se ajuste perfeitamente ao seu corpo. Não queremos que ela fique muito apertada. Quando isso acontece, prejudica a sua respiração, dificultando o seu desempenho no exercício físico.

Obviamente, quando dificultamos o nosso desempenho físico, prejudicaremos muito os resultados da cinta. Por isso é tão importante usar cinta modeladora correta para o nosso corpo.

Últimos apontamentos sobre cinta abdominal

Antes de qualquer coisa, é muito importante que, antes de usar cinta modeladora, consulte o seu médico. Os dispositivos de perda de peso nunca devem ser usados sem uma consulta médica prévia.

Por isso mesmo, se quer incluir essa peça como parte do seu programa de perda de peso, esteja atento e certifique-se que a sua saúde não está sendo colocada em risco.

Uma consulta no médico pode também esclarecê-lo sobre o melhor regime alimentar a ser adotado, e quais os exercícios físicos mais aconselhados para você. Esse acompanhamento deve ser contínuo e progressivo. Lembre que o seu corpo está se habituando a novos hábitos.

Compre sempre uma cinta de qualidade. Atualmente existem várias no mercado nacional, mas nem todas são recomendadas. As melhores são aquelas com tecidos porosos, que facilitam a transpiração. Elas são mais confortáveis, e os resultados muito mais eficazes.

Aquelas que usam tecidos meio “borracha” descarte. Essas são as piores e mais desconfortáveis. Não permitem a circulação do ar e não facilitam a transpiração. O tecido também não é favorável ao exercício, prejudicando os movimentos.

Como tal, evite ao máximo peças com esse tipo de tecido. Prefira as de pano, e de preferência com vários poros na superfície.

E aí? Ainda não sabe se deve, ou não, usar uma cinta modeladora? Compre já a sua e garanta um processo de emagrecimento mais rápido e fácil!

O Chocolate pode realmente me deixar mais feliz e mais inteligente?

Quando o assunto é chocolate, eu tenho certeza que muitos concordam que é sempre hora de consumirmos uma barrinha. Não precisa ocasião especial! É interessante observar como as pesquisas atuais apontam para a comprovação científica de algo que as pessoas já sabiam intuitivamente, ou pelo menos agiam como se já soubessem, pois chocolate é a paixão de muita gente.

Uma universidade da Austrália conduziu estudos e testes com o intuito de aferir resultados para responder uma questão: o chocolate realmente pode nos deixar mais felizes e inteligentes? O nosso paladar responde um enorme “sim” a esta pergunta, mas vamos conferir os fatos.

Os estudos científicos

Foram realizadas duas análises em pesquisas desenhadas para mapear os efeitos no cérebro e nas funções mentais de um grupo de pessoas que consumiram chocolate em situações de controle.

Quando analisados, os resultados indicaram que “existiam associações significativas e positivas” entre o consumo de chocolate e o desempenho cognitivo de um grupo de pessoas com idades que variavam de 18 a 55 anos de idade.

Os testes foram realizados num período de várias semanas, e o consumo de chocolate de uma barra de 90g, uma vez por semana, era monitorado e comparado com os resultados obtidos por um grupo de controle que não consumia chocolate.

Os níveis de bem estar e felicidade entre o grupo dos amantes do chocolate eram elevados. Alguns problemas eram apresentados e eles deviam sugerir soluções. Os choco-amantes tinham as melhores e mais criativas respostas. O senso de humor era um detalhe definitivamente marcante em seus comportamentos.

Em termos científicos foi comprovado que comer chocolate está associado a um desempenho superior de atividades cerebrais e funções como a memória, a cognição e o estado geral de ânimo. Até os níveis de raciocínio da maioria dos participantes melhoraram, segundo os resultados oficiais.

O que está acontecendo?

Por que exatamente comer chocolate está associado com a função cerebral melhorada não foi respondida com certeza absoluta pelos cientistas. Eles podiam especular que provavelmente o açúcar presente na composição do chocolate seria o responsável. Ou que os químicos do cacau.

Eles sabem, por exemplo, que os flavonoides encontrados naturalmente no cacau parece ter um efeito positivo sobre o cérebro das pessoas. O estudo conclui que comer o nutriente pode “otimizar medidas de função cognitiva relacionada com atividades cerebrais”. Isso significa que podemos ficar mais inteligentes comendo chocolates.

Os níveis de felicidade, que são manifestados por neurotransmissores cerebrais por ocasião das sinapses tiveram influência direta após o consumo de chocolate.

Os riscos

Sem dúvida, sabemos agora que ficamos “mais felizes e inteligentes” comendo chocolate, contudo os efeitos podem gerar algumas preocupações. A composição do cacau usado na produção do chocolate é perfeita para o cérebro, porém os adoçantes e os níveis de proteínas usados na manufatura podem ameaçar a saúde de pessoas com diabetes, por exemplo.

As informações contidas nos rótulos dos produtos que compramos oferecem alguns esclarecimentos. É sempre interessante verificar o conteúdo de adoçantes artificiais e os índices de carboidratos na tabela de ingredientes.

Como orientação, vale a pena saber que os chocolates com os índices de cacau mais elevados são os melhores para a saúde. Quanto mais cacau em termos de percentagem, menores os índices de açúcar ou adoçantes artificiais. O sabor do cacau mais concentrado também é melhor.

Infelizmente, assim como em todos os prazeres da vida, é necessário uma consideração de seriedade sobre os efeitos a longo prazo de um consumo exagerado de chocolate. Os benefícios são fantásticos, mas a falta de moderação pode levar a crises sérias de problemas de saúde.

Mesmo com baixos índices de açúcar, o chocolate não deve ser consumido em quantidades elevadas pelos diabéticos.